terça-feira, 24 de agosto de 2010

17ª Estância da Canção Gaúcha

Festival que acontece de 14 à 17 de Outubro em São Gabriel - RS, a Estância da Canção Gaúcha é um evento organizado pela CTM, com realização da Prefeitura Municipal, e terá transmissão ao vivo pela internet, pelo site www.saogabriel.rs.gov.br. A triagem teve um total 575 músicas inscritas, que vieram de outros estados do Brasil e mesmo de outros países, como Argentina e Uruguai. Confira as composições classificadas, dentre elas, uma composição do Estado do Pará:

FASE LOCAL (ESTANCINHA)

“Depois das Léguas da Carreteira” (Milonga)
Letra: Osmar Proença
Música: Igor Silveira

“Dos Meus” (Chamarra)
Letra: Dalvan Medina
Música: Diego Vivian

“Flor de Porongo” (Milonga)
Letra: Edilberto Teixeira (in memorian)
Música: Carlos Cléber Dias Leal / Matheus Leal

“Lembranças” (Chamarra)
Letra: Ilo Bicca Neto
Música: Aroldo Torres e Ademo Rieffel

“Me Toca Um Xote” (Xote)
Letra: Francisco Luzardo
Música: Jean Pablo Machado

“Meus Olhos de Carreteiro” (Chamarra)
Letra: Ivonir Leher
Música: Luis Felipe Cornel Rodrigues

“Milonga do Interiorano” (Milonga)
Letra: Francisco Luzardo
Música: Jean Pablo Machado

“O Sustento Para Os Meus” (Rasguido Doble)
Vencedora do Canto da Terra
Letra: Osmar Proença
Música: Humberto Machado / Ita Cunha

“Trazendo Trechos nos Ombros” (Valsa)
Letra: Emerson da Silveira Fernandes
Música: Emerson Fernandes / Mateus Neves

“Vanereando” (Vaneira)
Letra e Música: Eugênio Simonetto

FASE ESTADUAL

“Ao Meu Picanço Arapuca” (Milongão)
Letra: Henrique Fernandes / Gilberto Lamaison
Música: Gabriel Lucas dos Santos (Não-Me-Toque-RS)

“Ares de Milonga” (Milonga)
Letra: Eron Carvalho (Santa Maria-RS)
Música: João Chagas Leite (Santa Maria-RS)

“Banhado Grande” (Milonga)
Letra: Heleno Cardeal (Santo Antonio da Patrulha-RS)
Música: Pedro Guerra (Porto Alegre-RS)

“Campeira” (Milonga)
Letra: Erlon Péricles / Duca Duarte (Porto Alegre-RS)
Música: Erlon Péricles / Duca Duarte (Porto Alegre-RS)

“Eu e Meu Cavalo” (Chacarera)
Letra: Angelo Franco (Porto Alegre-RS)
Música: Angelo Franco (Porto Alegre-RS)

“Lá no Rincão dos Bocó” (Vaneira)
Letra: Tadeu Martins (Santo Angelo-RS)
Música: Érlon Péricles (Porto Alegre-RS)

“Meus Chasque Não Tem Floreio” (Chamarra)
Letra: André Oliveira (São Gabriel-RS)
Música: Luciano Maia (Porto Alegre-RS)

“Motivos” (Valsa)
Letra: Fábio Prates / Mauro Dias / Zeca Alves (Santa Maria-RS)
Música: Fábio Prates (Santa Maria-RS)

“No Osso do Peito” (Milonga)
Letra e Música: Mauro Moraes (Porto Alegre-RS)

“O Homem das Tropas” (Chimarrita)
Letra: Xirú Antunes (Pelotas-RS)
Música: Luciano Maia (Porto Alegre-RS)

“Pitaluga de Luzeiro” (Chamarra)
Letra: Rafael Chiapeta (Cachoeira do Sul-RS)
Música: Lisandro Amaral / Guilherme Collares (Bagé-RS)

“Ponta de Lança” (Chamarra)
Letra: Márcio Nunes Correa / Hélvio Luis Casalinho
Música: Márcio Nunes Correa / Fabiano Bacchieri

“Pra Encilhar Caminhos”(Chamamé)
Letra: Mário Amaral (Marabá-PA)
Música: Tuny Brum (Santa Maria-RS)

“Respeito” (Milonga)
Letra: Adriano Alves (Dom Pedrito-RS)
Música: Jari Terres (São Gabriel-RS)

“Segunda-Feira Bem Cedo” (Chamarra)
Letra: Rogério Villagran (Lagoa Vermelha-RS)
Música: Rogério Villagran, Kiko Goulart e Vitor Amorim (Lages-RS)

“Vaca Parada” (Milonga)
Letra: Eduardo Munhoz / José Carlos Batista de Deus (Pelotas-RS)
Música: Fabrício Harden (Porto Alegre-RS)
 
Fontes: www.pulperia.blogger.com.br  e www.colunapontodevista.com
 
Beijos
Ju

Romance do Pala Velho - Noel Guarany - Interpretada por Joca Martins

Mais uma de minhas prediletas ...

Letra e vídeo:


Romance Do Pala Velho

Composição: Noel Guarany.


Uma vez fui na cidade
Na maldita perdição
Lá perdi meu pala velho
Que me doeu no coração.

Quando voltei da cidade
Vinha com dor na cabeça
Cheguei fazendo promessa
Deus permita que apareça.

Encontrei xirú do posto
E não deixei de maliciar
Que ele achou meu pala velho
E não queria me entregar.
Fui dar parte ao comissário
Ficou prá segunda - feira
Me levaram na conversa
Se foi a semana inteira.

Veja as coisas como são
Como se forma a lambança
Que pelo mal dos pecados
Era o forro das crianças.

Com este pala rasgado
Passava campos e rios
Com este meu palinha velho
Não temo chuva e nem frio.

Foi forro para as carpetas
E em carreiras perigosas
"inté" serviu de agasalho
Prá muita prenda mimosa.

"inté" nas noites gaudérias
Meu pala soltito ao vento
Ia abanando pachola
Prás luzes do firmamento.

Informem nas vizinhanças
Este triste sucedido
Quem tiver meu pala velho
Que prendam este bandido.

Neste mundo todos morrem
Da morte ninguém atalha
Me entreguem meu pala velho
Prá mim levar de mortalha.



Beijos, Ju!

13.ª Casilha da Canção Farrapa

Neste final de semana, dias 27, 28 e 29 de agosto acontece no Teatro Prezewodowski em Itaqui - RS a 13.ª Casilha da Canção Farrapa.

Na Temática Farroupilha, foram 36 canções inscritas. Já na Nativista Campeira, 46. Conforme prevê o regulamento, 16 músicas (oito de cada linha) foram classificadas para o evento depois de passar por triagem, sendo que dez (cinco de cada linha) se qualificam para a final. Os jurados são Ataídes Assis (Itaqui), Cristiano Quevedo (Porto Alegre) e Matheus Leal (Santa Maria). O ingresso é 1 kg de alimento não perecível. O show de encerramento ficará por conta de Cristiano Quevedo.

Premiação

Na Temática Farroupilha, a premiação é a seguinte: 1º lugar (R$ 1,7 mil e troféu), 2º lugar (R$ 700,00 e troféu) e 3º lugar (R$ 500,00 e troféu). Já na Nativista Campeira, os vencedores ganharão: 1º lugar (R$ 1,2 mil e troféu), 2º lugar (R$ 600,00 e troféu) e 3º lugar (R$ 400,00 e troféu). A melhor composição sobre o tema será premiada com R$ 400,00 e troféu, a música mais popular com R$ 300,00 e troféu e o melhor intérprete com R$ 300,00 e troféu. Cabe ressaltar que todas as composições classificadas, por terem alcançado tal feito, receberão ajuda de custo de R$ 200,00. Confira abaixo as 16 músicas qualificadas para esta 13ª edição.


Dia 27 (Linha Nativista Campeira)

1-) Música: Na Paz de Cada Rincão
Ritmo: Chote
Autores da letra: Paulo César Rigui, João Manuel Sasso e Vanir João Maschi
Autor da música: Clóvis Mendes
Intérprete: Clóvis Mendes
Cidade: Passo Fundo-RS

2-) Música: Mãos
Ritmo: Canção
Autor da letra: Valtair Behling
Autores da música: João Quintana Vieira, Vani Vieira e Maurício Soares
Grupo: Parceria
Cidade: Itaqui-RS

3-) Música: De Cepa Guapa
Ritmo: Chamamé
Autor da letra: Jorge Clademir Soares
Autor da música: Alexandre Scherer
Cidade: Uruguaiana-RS

4-) Música: Mundão Virtual
Ritmo: Chamarra
Autor da letra: Armando Vasques e Sérgio Gomes (O Xucro)
Autor da música: Sérgio Gomes (O Xucro)
Intérpretes: Sérgio Gomes e Grupo
Cidade: Uruguaiana-RS

5-) Música: Pra Mim Hastear de Bandeira
Ritmo: Milonga
Autor da letra: João Sampaio e Odenir dos Santos
Autor da música: Adão Quintana Vieira
Cidade: Uruguaiana-RS

6-) Música: Ausência, Penas e Pealos
Ritmo: Milonga
Autor da letra: Alex Quevedo Camargo
Autor da música: Afonso Falcão
Intérprete: Afonso Falcão
Cidade: Uruguaiana-RS

7-) Música: De Alma e Vento
Ritmo: Milonga
Autor da letra: Adão Malmaceda Martins
Autores da música: Antenor João Calegaro e Adriano Pereira Mendes
Cidade: Itaqui-RS

8-) Música: Depois do Último Trem
Ritmo: Milonga
Autores da letra: João Ari Ferreira e Luzardo Friggi
Autor da Música: Piero Ereno
Intérprete: Eraci Rocha
Cidade: Jaguari-RS

Dia 28 (Linha Temática Farroupilha)

1-) Música: Boticário
Ritmo: Milonga
Autor da letra: Jucelino Viçosa
Autor da música: Rodrigo Oliveira
Intérprete: Rodriguinho Oliveira
Cidade: Itaqui-RS

2-) Música: Surpresa ou Traição de Porongos
Ritmo: Milonga
Autor da letra: Odenir dos Santos
Autor da música: Chiquinho Dany
Intérprete: Chiquinho Dany
Grupo: Raça Caudilha
Cidade: Itaqui-RS

3-) Música: Estrangeiros
Ritmo: Toada
Autores da letra: Paulo César Limas e Fermino Escobar
Autor da música: Fermino Escobar
Intérprete: Fermino Escobar
Grupo: Comparsa
Cidade: Itaqui-RS

4-) Música: Um Combate em Forquilhas
Ritmo: Polca
Autores da letra: Fábio Daniel Costa e Trindade Silva
Autor da música: Jean Kirchoff
Intérprete: Jean Kirchoff
Cidade: Itaqui-RS

5-) Música: Negro Farrapo Lanceiro
Ritmo: Chamamé
Autores da letra: João Sampaio e Odenir dos Santos
Autor da música: Adão Quintana Vieira
Cidades: Itaqui-RS e Uruguaiana-RS

6-) Música: Combate no Passo de Santa Vitória
Ritmo: Chacarera
Autores da letra: Valtair Behling e Cristiano Behling
Autores da música: João Quintana Vieira, Vani Vieira e Maurício Soares
Grupo: Parceria
Cidade: Itaqui-RS

7-) Música: Tropeiro Farroupilha
Ritmo: Milonga
Autor da letra: Júlio Lermen
Autores da música: Júlio Lermen e Lucas Grassi
Intérprete: Rafael Kulmann
Grupo: Pampa y Guitarra
Cidade: Itaqui-RS

8-) Música: A tomada de Porto Alegre
Ritmo: Zamba
Autor da letra: Fábio Daniel Costa
Autor da música: Jean Kirchoff
Intérprete: Jean Kirchoff
Cidade: Itaqui-RS



Fonte: Ascom PMI
Foto: Arquivo/Ascom PMI
(Prefeitura Municipal de Itaqui - RS - http://www.itaqui.rs.gov.br/ )


Beijos, Ju

5ª Manoca do Canto Gaúcho


Neste final de semana, dias 28 e 29 de agosto no Auditório da Faculdade Dom Alberto em Santa Cruz do Sul acontece a 5ª Manoca do Canto Gaúcho, e será transmitida ao vivo pelas rádios http://www.radiosul.net/  e http://www.radioterragaucha.com.br/ !

Na primeira noite do festival as 16 composições subirão ao palco, onde serão classificadas 12 para a noite seguinte. E terá shows com Buenas e M’espalho, Jairo Lambari Fernandes e Jader Leal e César Oliveira e Rogério Melo.

Deixo aqui as classificadas por ordem de apresentação:

1 - A VOZ PELA CORDEONA – Vaneira

L. Rômulo Chaves
M. Edison Macuglia e Jorge Freitas

2 - INSTINTOS – Milonga
L. Zeca Alves
M. Érlon Péricles

3 - ASSOBROS – Milonga
L. Xirú Antunes e Cristian Davesac
M.Rui Carlos Ávila

4 - BALCÃO DE VENDA – Vaneira
L. Wilson Vargas
M. Francisco Luiz e Eduardo Lopes

5 – ROMANCE DO ESPINHO BRABO – Valseado
L. Gujo Teixeira
M. Ângelo Franco

6 - ATÉ ONDE A VISTA ALCANÇA – Milonga
L. Mauro Flores e Osmar Proença
M . Mauro Flores

7 - PARTIR – Canção
L. Mario Amaral
M. Arison Martins e Giogo Matos

8 - QUANDO A SOLIDÃO TEM CISMAS DE TAPERA – Milonga
L. Cleiton Evandro dos Santos e Eduardo Trojahn Silveira
M. Jader Duarte

9 - O MELADOR - Milonga
L. Edilberto Teixeira (In Memorian)
M. Edilberto Teixeira e Carlos Leal

10 - JARDIM E FLOR – Milonga
L. Edison Suita e Priscila M. Suita
M. César Martins

11 - NA MOLDURA DA JANELA – Chamamé
L. Gujo Teixeira
M. Marcio Rosado e Joca Martins

12 - CORRENTEZAS – Milonga
L. Francisco Luiz
M. Juliano Javoski

13 - A FLOR E O ESPINHO – Milonga
L. Zé Renato Daudt
M. Leonardo Almeida e Francisco Teixeira

14 - A DOR DA MINHA GUITARRA – Milonga/canção
L. Rômulo Chaves e Piero Ereno
M. Rômulo Chaves e Piero Ereno

15 - DO TEMPO DAS CASA VÉIA – Chamarra
L. Wilson Vargas
M. Wilson Vargas

16 - UM HORIZONTE E OUTRO MAIS - Chamamé
L. João Stimamilio Santos
M. Raineri Spohr e Gustavo Oliveira




Beijos, Ju!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

LENDA DA ERVA MATE

LENDA DA ERVA MATE

Havia um velho índio da nação Guarani que já não poderia ir à floresta a fm de caçar e enfrentar o jaguar, e nem poderia ir à guerra, porque as pernas não mais o ajudavam.
O índio velho vivia, num canto da cabana. E era cuidado carinhosamente por uma filha solteira, bonita, que se chamava Yari. Certo dia, chegou um viajante que foi muito bem tratado pelo ansião guarani e por sua linda filha Yari. Na hora de dormir, Yari cantou como uma pomba rola, a fim de que o viajante repousasse no melhor dos sonos. Quando este despertou, grato, ao reiniciar a caminhada, confessou ser um emissário do Deus Tupã e quis oferecer como recompensa a seus hospedeiros o que este lhe pedissem, fosse o que fosse.
O velho guerreiro, pensando na filha, pediu que o mago lhe desse algo capaz de lhe restituir as forças, para que Yari, livre de lhe dar cuidados pudesse enfim casar, cobiçada como era pelos valentes da tribo. O enviado de Tupã entregou então ao velho índio,um rama da árvore de Caá, para o ancião tirar dele a seiva , beber em infusão de água e ficar forte de novo, o que aconteceu. E a Yari foi entregue a divindade dos ervais e o dom de protetora da raça Guarani. A bela donzela passou, então a ser chamada de Caá -Yari, a deusa da erva mate.


Fonte: Revista Vida Regional


Beijos, Ju!

Quando o Verso Vem Pras Casa - Gujo Teixeira e Luiz Marenco

Uma música que gosto a tempos ...

Vídeo do Canal do amigo Cesar Cattani no YouTube ( http://www.youtube.com/user/cattanicesar ) Quando o Verso Vem Pras Casa de Gujo Teixeira e Luiz Marenco, e interpretada por Jari Terres:



Beijos, Ju!

Parabéns Grêmio!

Bom e como eu não podia deixar passar deixo aqui os meus parabéns ao Grêmio, HÁ 15 ANOS BI DA LIBERTADORES!


Parabéns Grêmio Foot-ball Porto Alegrense!

Beijos, Ju

Parabéns S.C. Internacional!

Bom venho aqui pagar uma promessa ao amigo Souza, prestar os meus parabéns ao Inter pelo Bi da Libertadores!
Então está ai a homenagem!



Parabéns Sport Club Internacional




Beijos, Ju!

sábado, 21 de agosto de 2010

Janaina Maia - Bruxinha de Pano e Um ótimo final de semana a todos!

Deixo aqui uma música que o Lutiani me mandou, quando pedi uma dica pra post aqui do blog! como adoro as colaborações dele, com certeza trago aqui pro blog!
Ele me mandou interpretada por Janaina Maia - Bruxinha de Pano, deixo a letra aqui em baixo!

Às vezes eu recordo meus sonhos de menina
De ter uma boneca de olhos cor do mar
Com vestido de luxo, de porcelana fina
Igual à das meninas mais ricas do lugar

A bruxinha de pano que me embalava o sono
Mamãe fez de retalhos de um velho cobertor
Os olhos com frutinhas de um pé de cinamomo
Parece que entendia meu sonho multicor

(E cada vez que eu dormia
Minha bruxinha aparecia em sonhos
Rosto farrapo, pranto de trapo
Me censurando com olhar tristonho
"A porcelana cai e se quebra
E eu mesmo feia, jamais quebrarei
Por ser de trapos, pode estar certa,
Pelos invernos te aquecerei")

Conforme o tempo passa, os maricás florescem
No campo do carinho em cada coração
As pessoas se amam, se tocam, mas se esquecem
Igual à porcelana quebrada pelo chão

Por isso hoje me sinto a bruxinha de pano
Com olhos de carinho, sem ter pra quem olhar
Tecida nos farrapos de tantos desenganos
Só bruxinha de pano, sem ter com quem falar

(E cada vez que eu dormia
Minha bruxinha aparecia em sonhos
Rosto farrapo, pranto de trapo
Me censurando com olhar tristonho
"A porcelana cai e se quebra
E eu mesmo feia, jamais quebrarei
Por ser de trapos, pode estar certa,
Pelos invernos te aquecerei")
 
 
Beijos e Bom final de semana a todoss!
Ju

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

24.ª Moenda da Canção de Santo Antônio da Patrulha

Bom dia leitores do Blog, como sou extremamente leiga em matéria de festivais, sabia que iria começar neste fim de semana a  24.ª Moenda da Canção, mas não tinha conhecimento suficiente pra comentar sobre.
Então passeando pelo blog ABC do Gaúcho ( www.jornalnh.com.br/abcdogaucho ) encontrei um texto que fala sobre os assuntos mais importantes relacionados ao festival.
Então deixando aqui os créditos à autora do texto: Tânia Goulart, copiei e colei aqui para vocês: (lembrem-se, tudo neste texto foi escrito por ela, não mudei absolutamente nada!)

Tânia Goulart / www.jornalnh.com.br/abcdogaucho :




E chegou o dia! Começa nesta sexta-feira a 24.ª Moenda da Canção de Santo Antônio da Patrulha, a grande festa da música em seus mais variados ritmos e estilos! O festival, que terá 18 músicas concorrentes, de compositores gaúchos e de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco, ocorre até domingo, no ginásio do Parque Caetano Tedesco, onde paralelamente ocorre a Fenacan.
TRANSMISSÃO: Quem não puder ir à Santo Antônio, terá uma forte ajuda: entra em ação nesta sexta a TV Moenda! Pelo segundo ano consecutivo será possível conferir imagem e som: a mesma imagem do telão é transmitida via internet, pelo site da Moenda!
Acompanhei no ano passado e lhes digo que vale a pena. É só acessar o site www.moendadacancao.com.br, onde ao mesmo tempo podes conferir as letras das músicas classificadas!

Já para aqueles que não dispensam uma transmissão de rádio, com comentários interessantes, a pedida é conferir o trabalho da "Standernovosom". O amigo Thiago Suman me avisou que estará na reportagem, ao lado do irmão Guilherme e de Kleriton Vargas. Confere lá: www.standernovosom.net


JURADOS: Os jurados Caetano Silveira, Leandro Cachoeira, Rodrigo Bauer, Shana Müller e Zebeto Correia (compositor de Belo Horizonte) definirão, entre as 18 músicas, as 10 que participarão da finalíssima, no domingo e, claro, os grandes vencedores. Na sexta e no sábado o evento começa às 20 horas e, no domingo, às 19 horas.

HOMENAGEADO DO ANO: O grande homenageado deste ano será o folclorista Paixão Côrtes, pelos 60 anos de dedicação à cultura popular. Será domingo, 22 de agosto, Dia Internacional do Folclore – já que em 1950, nesse exato dia, Paixão coordenou a primeira apresentação de três danças folclóricas recolhidas por ele e Barbosa Lessa justamente em Santo Antônio. Os grupos de dança dos CTGs locais Chico Borges e Patrulha do Rio Grande farão uma encenação coreográfica das cavalhadas e baile do masque,na noite final da Moenda.

 
NOVIDADES: A Fenacan terá exposições, sonho, cachaça e rapadura e muitos shows no palco externo e, entre as novidades estão um estande da Abramus (Associação Brasileira de Música e Artes), reunindo alguns dos artistas mais populares da música gaúcha para lançamentos de discos, autógrafos e shows-surpresa. Também ocorrerá, domingo à tarde, um painel com debate entre os músicos sobre vários temas, tendo como convidado o produtor Francisco Ribeiro, autoridade nacional em direitos autorais.


PROGRAMAÇÃO - MOENDA:

SEXTA-FEIRA:

-20 horas: show de Samuel Costa,Tributo a Três Mestres do Acordeom (Sivuca, Dominguinhos e Renato Borghetti)
 -Apresentação de 9 concorrentes:
■ A lembrança, de Fabrício Marques e Cícero Camargo (Pelotas), com Rainieri Spohr
■ Só se for agora, de Yamandú Costa, Rafael Ferrari e Samuel Costa (Guaíba), com os três
■ Do avesso, de e com João Corrêa (Rio de Janeiro)
■ Em paz, de Duca Duarte (Porto Alegre), com Pirisca Grecco
■ As moças do tempo, de Martim César (Jaguarão) e João Bosco Ayala (Guaíba), com Vinicius Brum
■ O espelho invertido, de Luciane Lopes (Mirassol – SP) e Marco Araújo (Porto Alegre), com Marco Araújo
■ A palavra terra, de Jaime Vaz Brasil (Porto Alegre), Adriano Sperandir e Cristian Sperandir (Osório), com Adriana Sperandir
■ Flor do Lácio, de Zé Edu Camargo (São Paulo) e Fernando Cavallieri (Santo André – SP), com Fernando Cavallieri
■ Violas do sul do Brasil, de Mario Tressoldi e Chico Saga (Tramandaí), com o Grupo Chão de Areia
-Show Tantos Carnavais (Geraldo Flach, Victor Hugo e Fernando do Ó), com participação do Bloco Nada Chega, de Santo Antônio

SÁBADO
-20 horas: show de Cristiano Quevedo
-Apresentação das outras 9 concorrentes:
■ Geografia da insônia, de Jaime Vaz Brasil (Porto Alegre), Adriano Sperandir e Cristian Sperandir (Osório), com Adriana Sperandir
■ Satélite, de Léo Nogueira (São Paulo) e Fernando Cavallieri (Santo André – SP), com Fernando Cavallieri
■ De arrepiar a alma, de Paulo Righi, Carlos Omar Villela Gomes (Santa Maria) e Piero Ereno (Jaguari), com Juliana Spanevello
■ Elétrica, de Érlon Péricles (Porto Alegre), com Érlon Péricles e Pirisca Grecco
■ A pedra que despencou, de Diego Müller, Sérgio Sodré, Cristiano Barbosa (Canoas), Robledo Martins e Maurício Lopes (Pelotas), com Robledo Martins
■ A lágrima do palhaço, de Bárbara Jaques e Thiago Lasserre (Recife – PE), com Bárbara Jaques
■ Cabeça, de Vinícius Brum (Porto Alegre) e Tuny Brum (Santa Maria), com Vinicius Brum
■ Moleque, de e com João Corrêa (Rio de Janeiro)
■ Escritos no muro flutuante, de Jaime Vaz Brasil (Porto Alegre), João Bosco Ayala e Everson Maré (Guaíba), com Robledo Martins
-Show de encerramento com o grupo Tholl - Exotique

DOMINGO:
-19 horas: show Santo Antônio Canta Moenda – com artistas patrulhenses
-Apresentação das 10 músicas finalistas
-Show de Arison & Emerson Martins, vencedores da 23ª Moenda (Com a música Eu e o João de Barro, vencedora de uma das categorias do festival nacional Viola de Todos os Cantos).
-Homenagem à Paixão Côrtes e ao Dia Internacional do Folclore
-Premiação

Tânia Goulart / www.jornalnh.com.br/abcdogaucho



Beijos
Ju

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Dicionário Gauchês - Vamos Fazer?

Vou entrar na brincadeira e postar um dicionario gauchês aqui no blog! e quem puder colaborar deixa um comentário, vamos lá ...

A


abancar: Tomar banco, sentar-se.
água-de-cheiro: Perfume, extrato.
alazão: Pelagem de cavalo cor de canela.
amargo: O mesmo que chimarrão.
anca: Quarto traseiro dos quadrúpedes. Garupa do cavalo. O traseiro do vacum.
aparte: Ato de separar o gado, para abate, marcação, vacina, banho ou venda.
aperos: Arreios, os preparos necessários para encilhar o cavalo.
aprochegar: Chegar perto, unir-se.
armada: Roda que se faz com o laço para atirar, com intenção de laçar a res.
arranchar: Formar rancho, arranjar onde morar.
arreios: Conjunto de peças com que se prepara um cavalo para montar
azulego: Pelagem de cavalo azul quase preto, entremeado de pintas brancas, produzindo um reflexo azulado.
ancinho: rastilho, rastelo, ciscador, catador de folhas
aspa: chifre
aspaço / aspada: chifrada
atucanado: atrapalhado, cheio de problemas;
Alemoa: loura
Atorá: cortar

B

badana: Pele macia e lavrada que se coloca, na encilha do cavalo de montaria, por cima dos pelegos ou do coxonilho, se houver.
bagual: Cavalo manso que se tornou selvagem. Potro recém domado, arisco. Reprodutor, animal não castrado.
baio: Pelagem de cavalo cor de ouro desmaiado.
baita: Grande, enorme.
baixeiro: Espécie de lã, integrante dos arreios, que põe no lombo do cavalo, por baixo da carona.
barroso: Pelagem de cavalo cor branca amarelada; há diversas tonalidades: barroso claro, amarelo, fumaça.
bichará: poncho feito de tecido grosseiro de lã.
bicheira: Ferida nos animais, contendo vermes depositados pelas moscas varejeiras. Para sua cura, além de medicação, são largamente utilizadas as simpatias e benzeduras. Doença forte em geral. Mau-olhado.
bidê: Mesinha de cabeceira.
biriva: Nome dado aos habitantes de cima da Serra, descendentes de bandeirantes, ou aos tropeiros paulistas, os quais geralmente andavam em mulas e tinham um sotaque especial diferente do da fronteira ou da região baixa do Estado. Variações: beriva, beriba, biriba.
bodoque: Estilingue, funda.
boleadeiras: Instrumento de captura desenvolvido pelos índios charruas. É feito com três pedras redondas, presas por uma tira de couro trançado. Usa-se rodando acima da cabeça e lançando nas pernas do animal. Com o movimento, ao bater nas pernas, enrola e derruba o animal, prendendo-o.
bolicheiro: Dono de bolicho.
bolicho: Casa de negócio de pequeno sortimento e de pouca importância. Bodega. Taberninha.
bomba: Objeto de metal, pelo qual é sugado o chimarrão. É um canudo, em formato de colher, tendo em uma ponta um disco perfurado e em outra um bocal.
bragado: Pelagem de cavalo, com grandes manchas brancas pela barriga.
brasino: Pelagem de cavalo, vermelho com listras pretas ou quase pretas.
bruaca: Bolsa de couro que se coloca sobre o cavalo guardando os pertences de viagem.
buena: Boa, gostosa. Interjeição, como olá.
buenacho(a): Bom, generoso, afável, bondoso, cavalheiro. Boa, gostosa.
bueno: Bom, gostoso. Mas, bem.
bugio: Macaco de médio porte, comum na região. Tipo de música e dança. Pelego curtido e pintado, em geral forrado de pano.

C

cachaço: Porco não castrado, barrasco, varrão.
calavera: Indivíduo velhaco, caloteiro, caborteiro, vagabundo, tonto, tratante.
campear: procurar o gado pelos campos.
cancha: Local preparado para jogo ou mesmo para lida. Ora é a cancha de corrida com trilhos para os parelheiros. Palavra de origem quíchua tem muitas aplicações, desde local de reuniões a caminho simplesmente: "Quando me enredo na sorte, abro cancha e sigo em frente".
capão: Diz-se ao animal mal capado. Indivíduo fraco, covarde, vil. Pequeno mato isolado no meio do campo.
carpeta: Jogo de Baralho.
carreira: Corrida de cavalos, em cancha reta. Quando participam da carreira mais de dois parelheiros, esta toma o nome de penca ou califórnia.
carreteiro: Prato típico, feito com arroz e charque.
caudilho: Chefe militar. Manda-chuva.
cestroso: Temeroso, preocupado, cabisbaixo.
chalana: Lanchão chato, tipo de música e dança.
charla: Conversa, bate-papo.
charque: Carne salgada e seca.
chasque: Recado, mensagem.
chimarrão: Infusão feita com a erva-mate. No Rio Grande ele é servido em uma cuia e tomado através de uma bomba.
china: Descendente ou mulher de índio, ou pessoa do sexo feminino que apresenta alguns dos característicos étnicos das mulheres indígenas. Cabocla, mulher morena. Mulher de vida fácil. (quíchua: xina, que significa aia).
chineiro: Grande número de chinas, índias ou caboclas. Prostíbulo.
chinóca: Mulher jovem.
chorro: Jorro.
chincha: Peça dos arreios que serve para firmar o lombilho ou o serigote sobre o lombo do animal.
cola: Rabo.
colhudo: Cavalo inteiro, não castrado. Pastor. Figuradamente, diz-se do sujeito valente, que enfrenta o perigo, que agüenta o repuxo.
corredor: Estrada que atravessa campos de criação, deles separada por cercas em ambos os lados. Há, entre as cercas, regular extensão de terra, onde, por vezes, se arrancham os que não têm onde morar.
cuia: Recipiente feito com a ponta de um porongo, onde, no Rio Grande, é servido o chimarrão.
cuiudo: O mesmo que colhudo.
cupincha: Da mesma turma. Capanga.
cusco: Cão pequeno, cão fraldeiro, cão de raça ordinária. O mesmo que guaipeca.

D

derriba: Do lado de cima.
doma: Ato de amansar um animal xucro.
domador: Amansador de potros. Peão que monta animais xucros.

E

embretado: Encerrado no brete. Metido em apertos, em apuros, em dificuldades; enrascado, emaranhado.
entrevero: Mistura, desordem, confusão, de pessoas, animais ou objetos. Recontro em que as tropas combatentes, no ardor da luta, se misturam em desordem, brigando individualmente, corpo a corpo, sem mais obedecer a comando, usando predominantemente a arma branca.
erva: Erva-mate.
esgualepado: Vivente meio desarrumado, desengonçado, liquidado por causa da canha ou da peleia.
estribo: Peça presa ao loro, de cada lado da sela, e na qual o cavaleiro firma o pé.

F

faceiro: Contente.
fiambre: Alimento para viagem, geralmente carne fria, assada ou cozida.
flaquito: Fraco, cansado, magro, pobre.
flete: Cavalo bom e de bela aparência, encilhado com luxo e elegância.

G

gadaria: Porção de gado, grande quantidade de gado, todo gado existente em uma estância ou em uma invernada.
galpão: Construção rústica, existente nas estâncias, destinada ao abrigo de homens e de apetrechos.
ganiçar: Ganir.
gaudério: Pessoa que não tem ocupação séria e vive à custa dos outros, andando de casa em casa. Parasita, amigo de viver à custa alheia.
graxaim: Guaraxaim, sorro, zorro. Pequeno animal semelhante ao cão, que gosta de roer cordas, principalmente de couro cru e engraxadas ou ensebadas, e de comer aves domésticas. Sai, geralmente, à noite. É muito comum em toda a campanha.
gringo: Denominação dada ao estrangeiro em geral, com exceção do português e do hispano-americano, principalmente utilizada para denominar imigrante italiano e seus descendentes. Qualquer indivíduo loiro.
guaiaca: Cinto largo de couro macio, que serve para o porte de armas e para guardar dinheiro e pequenos objetos. Indivíduo fora de moda, sem estilo.
guaipeca: Cão pequeno, cusco, cachorrinho de pernas tortas, cãozinho ordinário, vira-lata, sem raça definida. Pequeno, de minguada estatura. Aplica-se, também, às pessoas, com sentido depreciativo.
guampa: O mesmo que chifre, usado nos mesmos vários sentidos.
guapo: Forte, vigoroso, valente, bravo, belo.
guasca: Tira de couro crú. Indivíduo sem trato social. Ignorante, metido, valente.
guasqueaço: Pancada, golpe dado com guasca. Relhaço, relhada, chicotada, chibatada, açoite.
guri: Criança, menino, piazinho.

H

haragano: Cavalo que, por viver muito tempo solto, sem prestar serviço, se torna arisco, espantadiço.
hasta: Até.

I

indiada: grande quantidade de homens do campo.
índio: Indivíduo.
invernada: Extensão de campo cercado.

J

joão-grande: Pessoa alta, metido, ganancioso.
judiado: Machucado, sem forças, acabado.
jururu: Cabisbaixo, tristonho, abatido.

L

lançante: Forte declive num cerro ou coxilha.
lasqueado: Trouxa, metido a besta, passado.
légua: Medida itinerária equivalente a 3.000 braças ou 6.600 metros. O mesmo que légua de sesmaria.
lida: Trabalho no campo. Qualquer tipo de trabalho.
loco: Interjeição para muito, como em: "Loco de especial".
lomba: Qualquer terreno em declive.

M


macanudo: Designa alguém ou algo legal, bonito.
mamão: Animal que ainda mama. Indivíduo explorador.
mamona: Terneira de sobreano que ainda mama.
mangueira: Grande curral construído de pedra ou de madeira, junto à casa da estância, destinado a encerrar o gado para marcação, castração, cura de bicheiras, aparte e outros trabalhos.
manotaço: Pancada que o cavalo dá com uma das patas dianteiras, ou com ambas. Bofetada, pancada com a mão dada por pessoa.
mate: O mesmo que chimarrão.
matungo: cavalo velho, muito manso, quase imprestável.
maula: Covarde, medroso.
mosquinha: Mosquito borrachudo.


N

negacear: Recusar-se, resistir.Observar.

O

orelhano: Animal sem marca, nem sinal. Pessoa de baixo nível social, sem família.

P

paisano: Do mesmo país. Amigo, camarada.
pala: Poncho leve, de brim, lã ou seda, de feitio quadrilátero e com as extremidades franjadas.
palanque: Esteio grosso e forte cravado no chão, com mais de dois metros de altura e trinta centímetros aproximadamente de diâmetro, localizado na mangueira ou curral, no qual se atam os animais, para doma, para a cura de bicheiras ou outros serviços.
papudo: Indivíduo que tem papo. Balaqueiro, jactancioso, blasonador. O termo é empregado para insultar, provocar, depreciar, menosprezar outra pessoa, embora esta não tenha papo.
patrão: Dono da estância ou fazenda. Designação dada ao presidente de Centro de Tradições Gaúchas (CTG). Deus.
peleia: Peleja, pugilato, contenda, briga, rusga, disputa, combate, luta entre forças beligerantes.
pelear: Brigar, lutar, combater, pelejar, teimar, disputar.
pelego: Couro da ovelha, com a lâ, usado para amaciar a montaria, colocado acima dos arreios. Por deixar-se montar, sujeito submisso a um ou a vários outros.
penca: corrida de cavalos em cancha reta.
pereba: Ferida, de crosta dura, que sai geralmente no lombo dos animais. Mazela, sarna, cicatriz. Aplica-se, também, às feridas que saem nas pessoas. Pessoa de mau caráter ou inábil.
petiço: Cavalo pequeno, curto, baixo.
piá: o mesmo que guri.
pingo: Cavalo.
piquete: Pequeno potreiro, ao lado da casa, onde se põe ao pasto os animais utilizados diariamente.
poncho: Espécie de capa de lã, de forma retangular, ovalada ou redonda, com uma abertura no centro, por onde se enfia a cabeça. É feito geralmente de pano azul, com forro de baeta vermelha. É o agasalho tradicional do gaúcho do campo. Na cama de pelegos, serve de coberta. A cavalo, resguarda o cavaleiro da chuva e do frio.
potrilho: Cavalo durante o período de amamentação, isto é, desde que nasce até dois anos de idade. Potranco, potreco, potranquinho.
prenda: A mulher do gaúcho. Mulher bonita, com bons dotes, prendada.
pulperia: Pequena casa de negócio no campo, bodega.

Q

qüera: Homem, gaúcho, gaudério.
queréla: Disputa, discussão.
quincha: Cobertura de casa ou carreta, feita de santa-fé ou de outro capim seco.

R

rapariga: Prostituta, mulher de vida fácil. Jovem.
rebenque: Instrumento de açoite do cavalo. Chicote curto, com o cabo retovado, com uma palma de couro na extremidade. Pequeno relho.
redomão: Cavalo recém domado, que ainda não está bem manso.
regalo: Presente, brinde.
relho: Chicote com cabo de madeira e açoiteira de tranças semelhantes a de laço, com um pedaço de guasca na ponta.
repontar: Tocar o gado por diante de um lugar para outro.
rosilho: Cavalo de pelo avermelhado.
russilhonas: Botas de cano alto, de couro amarelo.

S

sacanagem: brincadeira forte ou de mau gosto.
sanga: Pequeno curso d'água menor que um regato ou arroio.
sesmaria: Antiga medida agrária correspondente a três léguas quadradas, ou seja a 13.068 hectares. São 3000 por 9000 braças, ou 6.600 por 19.800 metros, ou ainda, 130.680.000 metros quadrados.
sinuelo: Animal manso, que serve de guia dos outros xucros.
soga: Corda feita de couro, ou de fibra vegetal, ou ainda de crina de animal, utilizada para prender o cavalo à estaca ou ao pau-de-arrasto, quando é posto a pastar. Corda de couro torcido ou trançado, que liga entre si as pedras das boleadeiras.
sorver: Beber aspirando, beber lentamente.

T

taipa: Represa de leivas, nas lavouras de arroz. Cerca de pedra, na região serrana. Tapado, burro, ignorante.
talho: Corte, ferimento. Lado cortante da faca.
tchê: Homem, em quíchua. Meu, cara.
tirador: Espécie de avental de couro macio, que os laçadores usam pendente ao lado da cintura, para proteger do atrito do laço.
tosa: Tosquia, toso, esquila. Remover a lã da ovelha.
tosquiador: Homem que realiza a tosa, ou tosquia.
tranco: Passo largo, firme e seguro, do cavalo ou do homem. Empurrão. Rapidamente, bruscamente.

U




V

vacaria: Grande número de vacas. Grande extensão de campo, que os jesuítas reservavam para criação de gado bovino.
vaqueano: Aquele que, conhecendo bem os caminhos e atalhos de um lugar ou região, serve de guia.
viração: Prostituição. Viver sem profissão definida.
vivente: Indivíduo.

X

xucro: Animal ainda não domado, bravio, arrisco. Pessoa sem hábitos sociais.

Y


Z

zaino: Cavalo castanho escuro.
zunir: Ir-se apressadamente, soar.

O que falta?
Beijos Ju

Gaúcha - Cesar de Oliveira e Rogerio Melo

Hoje ouvindo minhas músicas, me deparei com 'Gaúcha' do Cesar de Oliveira e Rogerio Melo, e havia me esquecido o quanto essa música é linda!
Abaixo deixo a letra e o vídeo que peguei la no canal (ótimo por sinal, e recomendo!) do amigo Cesar Cattani http://www.youtube.com/user/cattanicesar !



Gaúcha - Cesar de Oliveira e Rogerio Melo

Gaúcha é a querência dos gaúchos
Gaúcha, companheira mãe mulher
É a flor matreira que caiu da corticeira
Foi rio abaixo e se enrredou nos aguapés.

É a vastidão de campo aberto um céu azul
Que aqui no sul em poesia se retrata
É a lua cheia confidente dos amantes
Que elegante a cada quarto veste prata.

Gaúcha é a Santa Aparecida protetora dos ginetes
Gaúcho, que nas esporas fazem glória e devoção
Campeira ciência da doma pela boca dos cavalos
Cana de rédea serena e firme na mão

É a verdadeira tradição deste meu pago
É cuia de mate amargo cevando a paz no rincão
É uma cantiga que brota feito uma prece
Quando o silêncio emudece para escutar um violão.
Gaúcha é uma gineteada num xucro mandando lombo
É a polvadeira de um tombo que é o resultado de um pialo
É a estrela Dalva ponteando a barra do dia
É a lida das Sesmarias que acorda o canto dos galos.

É a fronteira do Rio Grande um sentimento
Que no momento é o que me chama e o que me pucha
É esta vida que o meu povo tem na estampa
E com certeza esta pampa cada vez bem mais gaúcha.

Nossa Senhora Aparecida, Rogai por nós!
 
Beijos
Ju

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dia 18 de Setembro - 10ª Cavalgada de Prendas - Cambará do Sul - RS


Dia 18 de setembro acontece em Cambará do Sul a maior Cavalgada de Prendas do País!
E que este ano está em sua 10ª edição!
A comissão da Cavalgada é formada por Aldaise Ferreira, Camila Trindade, Carla Veiga, Dalva Selau, Graciela Pereira, Josi Detânico, Josi Pereira, Lisiane Pinto e Raquel Monteiro.
Abaixo a programação e uma foto pra lembrar do ano passado!





Besos
Ju

Dia 11 de Setembro - Laço em Lages - SC




Programação


Quinta-Feira - 09/09/2010


16:00h - Desfile de Abertura
19:30h - Abertura Oficial com participantes, Autoridades e Imprensa
20:00h – Matakiterani
21:00h - Jantar Galinha Caipira do Carú com Arroz
22:00h – Alma de Galpão
23:30h - Tertúlia Livre

Sexta-Feira - 10/09/2010

09:00h - Laço Raspadinha Quarteto + informações
Somente equipes que participaram do 1º.
No mínimo 40 equipes se não disputa porcentagem de até 50%
Valor da Inscrição: R$40,00

1º - R$1.000,00
2º - R$500,00
3º - R$300,00
4º - R$200,00
Total de Prêmios: 2.000,00
14:00h - Laço Patrão Piquete + informações
Para com 10 Voltas
Valor da Inscrição: R$10,00
1º - 10% do Arrecadado
2º - 5% do Arrecadado
3º - 5% do Arrecadado
Total de Prêmios: 20% do valor arrecadado das inscrições

14:30h - Concentração de Machos da Raça Crioula
15:00h - Troféu Casa do Laço - Piá/Guri/Prenda + informações
Prêmio: Selas no valor aprox. de R$300,00
16:00h - Laço Trio + informações
Valor da Inscrição: R$30,00
1º - 15% do Arrecadado
2º - 10% do Arrecadado
3º - 5% do Arrecadado
Total de Prêmios: 30% do Valor Arrecadado das Inscrições

18:00h - Daniel Silva
18:00h - Laço Pai e Filho(a) + informações
Valor da Inscrição: R$20,00
1º - 15%
2º - 10%
3º - 5%
Total de Prêmios: 30% mais R$50,00 para a dupla PAI E FILHA melhor colocada
Observação: O Pai e Filha
Melhor colocado Ganhará R$50,00
19:00h – Jones Andrei Vieira
19:00h - Troféu Cidade de Lages (DUPLA) + informações
Força A: 6 Armadas
Força B: 5 Armadas

Força C: 4 Armadas

Máximo de duas vidas independente de força, e com companheiros diferentes.

Para com três duplas ou menos



Valor da Inscrição: R$60,00



Força A: 1º - R$4.000,00

Força B: 1º - R$2.500,00

Força C: 1º - R$1.500,00



Total de Prêmios: R$8.000,00

20:00h– Show Quarteto Coração de Potro

21:00h – Raineri Spohr

22:30h – Cesar Oliveira e Rogério Melo

00:00h - Baile: Pórca Véia

Sábado - 11/09/2010



08:00h - Patrão de CTG + informações

Para com 8 voltas



Valor da Inscrição: Gratuita



1º - R$300,00

2º - R$200,00

3º - R$100,00



Total de Prêmios: R$600,00

09:00h - Troféu Edmundo Ribeiro Rodrigues + informações

Laçadas das Equipes Força A e B (1º Volta)



Valor da Inscrição: R$160,00

Antecipados: R$130,00 - Até o dia 10/09/2010 Sexta-Feira

Força B: R$80,00



1º - R$3.000,00

2º - R$2.500,00

3º - R$2.000,00

4º - R$1.500,00

5º ao 10º - R$1.000,00



Força B



1º - R$500,00

2º - R$300,00

3º - R$200,00



Total de Prêmios: R$16.000,00



Inscrições Antecipadas:



Para efetuar a inscrição antecipada das Equipes até o dia 10/09/10 no valor de R$ 130,00, deverá ser efetuado um depósito bancário,no banco: Caixa Econômica Federal, na agência: 0420 - OP. 013, na conta: 200.785-7, em nome de Kelyn Cristine Wentz. Após esse depósito deverá ser enviado um fax para o número (49) 3225 5965do comprovante de depósito, nome do CTG ou Piquete que realizou este depósito com o nome do responsável, e deverá apresentar o comprovante original no dia da inscrição.

14:00h - Crioulaço + informações

Classificatória/Classifica com 4, 5 e 6 armadas



Valor da Inscrição: R$100,00

Prêmio Regular: R$1.000,00



1º - R$4.000,00

2º - R$3.000,00

3º - R$2.000,00

4º - R$1.000,00



Prêmio para animais habilitados das cabanhas parceiras:



Melhor Colocado – R$ 5.000,00

2º. Melhor Colocado – R$ 2.500,00

3º. Melhor Colocado – R$ 1.500,00

4º. Melhor Colocado – R$ 500,00

5º. Melhor Colocado – R$ 250,00

6º. Melhor Colocado – R$ 250,00



Prêmio para animais melhores colocados das Cabanhas parceiras: R$ 10.000,00.

15:00h – Rodrigo Delfini

16:00h – Família Bohrer

16:30h - Laçada de Equipe (segunda Volta)

17:00h – Concurso de Trova



18:30h – Pátria Sulina

20:00h - 1º Leilão Laço da Integração



21:00h – Lisandro Amaral

22:00h - Gaúcho da Fronteira

00:00h - Baile: Quero-Quero

22:00h - Recomeça o Troféu Cidade de Lages



Domingo - 12/09/2010



08:00h - Laçada das Equipes Forças A/B (Terceira volta)

09:00h – Missa Crioula

10:30h – A Voz do Campo

11:00h - Desempate da Equipes

12:00h - Individual + informações

Para com 8 Voltas



Valor da Inscrição: Gratuita

Prêmio Regular: R$1.000,00



1º - R$500,00

2º - R$300,00

3º - R$200,00



Total de Prêmios: R$1.000,00

13:00h - Campereada + informações

Para com 8 Voltas



Valor da Inscrição: R$90,00

Prêmio Regular: R$1.000,00



1º - R$2.000,00

2º - R$1.500,00

3º - R$1.000,00

4º - R$500,00



Total de Prêmios: R$5.000,00

13:00h - Floreio Nativo (Show de Lançamento do CD Investida

14:00h - Matakiterani

14:40h – Concurso de Trova (Final)

16:00h - Crioulaço (Final)

17:00h -Barbicacho Dança Show

18:00h – Trio Michel



19:00h - Abertura da Semana Farroupilha de Lages

19:00h - Volmir Coelho

20:00h – Mano Lima

21:30h – Baile Renato Gomes

Beijos, Ju!

Pra ti guria - Jaime Caetano Braum


Bom, venho nesta manhã ensolarada em Balneário Gaivota - SC, trazer uma poesia linda do Jaime Caetano Braum que conheci através do Sousa que me mandou ela interpretada por Leonel Gomez, combinação perfeita, a poesia apaixonada com a voz linda do Leonel!

Não encontrei vídeo da música, então deixo aqui a letra:

Pra Ti Guria

Composição: Jayme Caetano Braun

Pra ti chirua clinuda
dos ranchos de chão batido
com babados no vestido,
na orelha um galho de arruda.

Morena Deus nos acuda
Pra quem ama com eu amo
estrela pampa proclamo
nas horas de nostalgia
eu te pergunto guria
porque não vens quando eu chamo?

Quando abraço esta cordiona
é como se te abraçasse,
é mesmo que desejasse que
tu fosses minha dona.

E o meu ser se condiciona
ao teu carinhoso abraço
chego a sentir um laçaço
neste meu corpo franzino
pois se te perco imagino que vou
peder um pedaço.

Calangreas e cotovias,
as palomas, as torcassas
se alvorotam quando passas
murmurando melodias.

E o calor dos meio dias vão
se acalmando aos relentos
e até as guitarras dos ventos
se entreveram à cordiona
confirmando que és a dona de
todos meus sentimentos.
Vibram todas as escalas
nos meus dedos tocadores
rudes acariciadores
das tuas tranças bagualas
no chão batido das salas
com barbara bruxaria
e completando a magia
deste teu tranco macio
com gosto de pasto e rio
eu canto pra ti guria.

Beijos
Ju

Festival III Tradição e Coragem - Festival de Doma e Canto


Ocorrerá na cidade de Pelotas-RS de 08 a 10 de outubro de 2010 o Festival III Tradição e Coragem-Festival de Doma e Canto,evento esse que pretende unir as duas maiores manifestações da cultura gaúcha a GINETEADA X MÚSICA.

O TRADIÇÃO E CORAGEM já possui duas edições anteriores somente com festival de gineteada,agora em 2010 juntaremos às gineteadas o festival de música nativista fazendo essa grande união entre os ginetes e os cantadores do Rio Grande.


Incrições até 03 de setembro de 2010


Triagem dia 06 de setembro de 2010.



Informações: 051-9297 8860 com Fabrício Harden.

Clique no link abaixo para fazer o download do regulamento:
Regulamento - III Tradição e Coragem
 
 
(post copiado do blog da Juliana Spanevello: http://www.julianaspanevello.blogspot.com/ )

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Vídeo Novo - Pela Querencia - Juliana Spanevello

Bom, venho mais uma vez falar da querida Juliana Spanevello, que já está na etapa final do novo CD dela Pampa e Flor, e hoje divulgou um vídeo da música de trabalho dela: Pela Querencia.
Eu já havia postado aqui no blog um link pra quem quisesse fazer o download da música e agora posto esse vídeo que eu particularmente achei lindo, é uma edição de vídeos da gravação da musica! Eu já gostava da música só ouvindo, mas vendo a Juliana cantar, com esse brilho nos olhos e essa voz linda que sai sem esforço do peito, passei a gostar e admira-la ainda mais! Como diz uma frase que li no Twitter do Beto Borges ( www.twitter.com/rborges_sul ) sobre ela: Essa Juliana Spanevello canta com a 'lagrima na garganta', achei lindo e retrata exatamente o que quero dizer!

Abaixo o Clip da música!


Beijos e Parabéns à Linda Juliana pelo trabalho!
E todos os leitores do blog, aproveitando para agradecer o carinho!
Ju

De 03 a 05 de Setembro - Mulhelaço em Treze de Maio- SC

Por te bombear na Janela - Beto Borges - Música que me apaixonei!

Há algum tempinho mantenho contato pela internet com o Roberto Borges que tem o Blog www.suldeborges.blogspot.com , e assim que começei a conversar com ele, pedi para que me mandasse algumas músicas gravadas dele, ele mandou algumas, e eu salvei em um lugar que não lembrei mais, então não busquei mais!
Ontem de manhã achei estas musicas e fui ouvi-las, e simplesmente me APAIXONEI por uma, cujo o nome é 'Por te bombear na janela', então venho aqui compartilhar com vocês um vídeo gravado na 16ª Sapecada da Canção em Lages -SC e interpretada por Gustavo Teixeira com a participação dos músicos: Gilnei Oliveira, Beto Borges, Aluísio Rockembach e Fabrício Moura.


E aproveito pra falar sobre a admiração que tenho pelo Aluisio Rockembach, acho lindo ver ele tocando, fecha os olhos e toca com a alma! tá aqui o site dele pra quem quizer conferir tambem o seu trabalho: http://www.aluisiorockembach.com/


Beijos Ju

sábado, 14 de agosto de 2010

Pedaço de Céu - Jairo Lambari Fernandes

"Já vejo crianças brincando e frutos vergando o pomar
O baio tranqüilo pastar e o mate trocando de mão
Do forno um cheirinho de pão e na porteira escrito: "Meu lar"
 
Pedaço de Céu é uma música do Jairo Lambari Fernandes, que uma das pessoas mais especiais pra mim no momento me indicou para ouvir dizendo a seguinte frase: "Jujuh, eu quero a minha vida resumida nessa musica!", Neguinha, Jenifer Benck!
A música retrata o sonho de quem tem a alma tão lindo como ela! Amei a música e venho aqui compartilhar com vocês, porque é absolutamente LINDA!
Bom, como não encontrei nenhum vídeo correspondente à esta música, deixo aqui o link para download da música, e a letra, pra quem quizer ler e apreciar o que pra muita gente é o sonho de uma vida feliz e realizada!


Pedaço de Céu - Jairo Lambari Fernandes

Na amplidão do universo busquei a paz e o sossego
Das nuvens fiz pelêgos, tenteando um quarto de lua
Onde uma estrela chirua, vem me contar seu segredo

Plantei esteios de rancho nas barras de um fim de tarde
Ali onde o sol já não arde pra não queimar a paisagem
No lugar onde o fim da viagem, encontra a felicidade

Rasguei um pedaço de céu, quinchei aquela morada
Dobrei o destino da estrada e pus um fim no caminho
Não seguirei mais sozinho a paz já foi encontrada

Já vejo crianças brincando e frutos vergando o pomar
O baio tranqüilo pastar e o mate trocando de mão
Do forno um cheirinho de pão e na porteira escrito: "Meu lar"
 
 
 
Beijos Ju

Dia 28 de Agosto - Casa do Baile - Criciuma - SC - João Luiz Corrêa e Campeirismo



Bisbilhotando no site do João Luiz Corrêa achei na agenda um baita baile pra pessoal aqui do Sul de SC ir, é dia 28 de Agosto na Casa do Baile, e pra quem conhece sabe, Baile com JLC, na Casa do Baile num sábado é baile MUITO BOM com certeza né!

Os ingressos: R$20 o Homem e R$ 10 a mulher até as 23h!

Te vejo lá dia 28!

E pra não perder o costume, um vídeo do João pra entrar no clima!



Beijosssssssss
Ju

De 02 a 05 de Dezambro - Rodeio Balneário Gaivota - SC


Beijos Ju

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

De 15 a 17 de Outubro - Rodeio em Braço do Norte - SC


Beijoss
Ju

De 02 a 05 de Setembro - Rodeio em Canelinha - SC



Dúvidas, deixe recado, entre no site http://www.fazendasilvaneto.com.br/ , ou ligue para os fones: 48 3263 0147 - 3264 0284 - 9982 6085

PROGAMAÇÃO CAMPEIRA

02/09 - QUINTA-FEIRA

13:00 - Recepcão aos CTGs Visitantes;

16:00 - Vaca Gorda;

18:00 - Ave Maria

03/09 - SEXTA-FEIRA

09:00 - Laço Vaca Mecânica - Cancha 03
14:00 - Taça Chico Prego (in memória) - R$ 50,00 à dupla;

18:00 - Taça José Tarquino Melo (Zé Melo) R$ 80,00 o quarteto;



04/09 - SÁBADO

08:00 - Laço Vaca Mecânica - Cancha 03

08:00 - Laço Guri;

09:00 - Coordenador e ex Coordenador;

10:00 - Laço Pai e Filho - R$ 20,00 à dupla;

11:00 - Laço Equipe 3 Voltas


Inscrição Força Alta R$ 140,00 o quarteto;

Força MTG - R$ 100,00 o quarteto

Duplas embutidas

(01 Dupla R$ 40,00 / 02 Duplas R$ 60,00)


15:00 - Vaca Gorda (se houver tempo)

15:00 - Gineteadas em Bois Vacum - Cancha 02

Touradas - Cancha 02

16:00 - Gineteadas Internacional em Cavalos - Cancha 02


Inscrições Somente 35 Ginetes das 10 às 15 hs

17:00 - Patrão de Piquete - R$ 10,00

20:00 - Abertura Oficial do Rodeio


05/09 - DOMINGO


08:00 - Laço Vaca Mecânica - Cancha 03

08:00 - Laço Piá - Prenda - Prendinha - Bonequinha

Vaqueano;

Veterano - Taça Rivaldavio Granemann - 03 Voltas

09:00 - Prova de Rédeas - Todas Categorias R$ 20,00

10:00 - Benção Campeira;

11:00 - Vaca Parada

Piá - Piazinho - Menininha - Bonequinha;

11:00 - Patrão de CTG - Taça Vilde Carlos Gomes;

13:00 - Final Laço Equipe Força D, C, B e A;

14:00 - Gineteadas em Bois Vacum - Cancha 02

15:00 - Final Dupla Embutida;

15:00 - Touradas

16:00 - Gineteadas Internacional em Cavalos - Cancha 02

16:00 - Braço de Ouro;


PROGRAMAÇÃO ARTISTICA

03/09 SEXTA-FEIRA



18:00 - Fandango no Galpao Crioulo com MARCA DE GALPÃO

23:00 - Baile na Sede do CTG com JOÃO LUIZ CORRÊA e GRUPO CAMPEIRISMO

04/09 - SÁBADO
14:00 - Show Baile no Galpão Crioulo com GRUPO ATRATIVOS

17:00 - Fandango no Galpão Crioulo com MARCA DE GALPÃO

20:00 - Show RICARDO PORTO

23:00 - Baile na Sede do CTG com IVONIR MACHADO e NOVOS GAROTOS

05/09 - DOMINGO
13:00 - Danças Invernadas Artísticas

14:00 - Fandango no Galpão Crioulo com MARCA DE GALPÃO

17:00 - Domingueira na Sede do CTG com CHIQUITO E BORDONEIO



PREMIAÇÃO
TAÇA CHICO PREGO
1º Lugar - R$ 1000,00 + Troféu
2º Lugar - R$ 1000,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 1000,00 + Troféu

LAÇO PAI E FILHO
1º Lugar - Uma TV 20" + Troféu
2º Lugar - R$ 150,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 100,00 + Troféu

LAÇO EQUIPE FORÇA A
(12 Armadas)
1º Lugar - R$ 3000,00 + Troféu
2º Lugar - R$ 2000,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 1000,00 + Troféu

LAÇO EQUIPE FORÇA B
(10 e 11 Armadas)
1º Lugar - R$ 1000,00 + Troféu
2º Lugar - R$ 800,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 500,00 + Troféu

LAÇO EQUIPE FORÇA C
(07, 08 e 09 Armadas)
1º Lugar - R$ 800,00 + Troféu
2º Lugar - R$ 400,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 200,00 + Troféu
4º ao 10º Lugar - R$ 140,00 + Medalha

LAÇO EQUIPE FORÇA D
(12 Armadas)
1º Lugar - R$ 100 + Troféu
2º Lugar - Troféu
3º Lugar - Troféu

TAÇA ZE MELO (EQUIPE)
1º Lugar - R$ 2000,00 + Troféu
LAÇO GURI - PIA - PRENDA - PRENDINHA - BONEQUINHA - VAQUEANO - COORDENADOR E EX COORDENADOR
Para em 03 - Medalha para os Tres

BRACO DE OURO
Para em 03 ou menos ate 10 voltas
Medalha para os tres

DUPLA EMBUTIDA
30 % da arrecadacao + Trofeu
Para em 03 ou menos

LAÇO VETERANO
Taca Rivaldavel Granemann
1º Lugar - Troféu
2º Lugar - Troféu
3º Lugar - Troféu

PATRAO DE CTG
Taca Vilde Carlos Gomes
1º Lugar - R$ 300,00 + Trofeu
2º Lugar - R$ 200,00 + Troféu
3º Lugar - R$ 100,00 + Troféu


VACA PARADA
Todas as Modalidades
1º Lugar - Medalha
2º Lugar - Medalha
3º Lugar - Medalha

PATRAO DE PIQUETE
Para em 03 ou Menos ate 10 Voltas,
sorteio 03 lacadores
30 % da arrecadacao + Trofeu

PROVA DE REDEAS
1º Lugar - 30 % Arrecadado + Medalha
2º Lugar - Medalha
3º Lugar - Medalha

GINETEADAS EM BOIS VACUM
Premiacao Surpresa

GINETEADAS EM CAVALOS
1º Lugar - R$ 1500,00 + Medalha
2º Lugar - R$ 500,00 + Medalha
3º Lugar - R$ 300,00 + Medalha
4º Lugar - R$ 100,00 + Medalha
5º Lugar - R$ 100,00 + Medalha


Beeeijos Ju

De 20 a 22 de Agosto - Rodeio em Nova Veneza - SC

Deixo aqui o folder do XI Rodeio Crioulo Nacional CTG Fronteira da Serra em Nova Veneza SC






Dúvidas deixe comentário!
Beeeeeeeijos
Ju

Pedido de desculpas, NOVIDADE e agradecimento!

Antes de mais nada quero pedir desculpas aos visitantes do blog que por UMA SEMANA ficaram sem novidades!
Eu estava sem internet e louca por não poder postar nada aqui!
Mass já voltando.. conto pra vocês a novidade do blog..
A partir de hoje vou estar postando folders de festas como eu já fazia, e fiz uma 'agendinha' que eu pude separar as postagens por mês! Então se você for ali em cima, na aba Agosto por exemplo, vai encontrar uma página contendo em ordem a data do evento e o título, e clicando sobre ele vai ir até a postagem que eu fiz sobre o evento, contendo informações sobre o mesmo!
Bom, pra quem não sabe, quando eu resolvi fazer o blog, foi pela falta de informação que eu conseguia na internet sobre as festas que eu gosto, então a intenção desde o princípio era fazer do blog um lugar onde pudéssemos encontrar estas informações!
Quando fui ao Rodeio do Caverá, fim do mês passado, tentei pegar o máximo de folders de rodeios que consegui, como vou fazer em todos os eventos que eu for, pra depois vir aqui divulgar!
Bom é isso, essa é a novidade, quando quiserem saber de alguma festa aqui da minha região, além de estar na pagina principal aqui do blog, também está organizado por data nas abas acima!

Agradeço também pois superamos as 500 visitas, e isso pra mim é muito gratificante!
E pra quem tiver conta no Gmail; Twitter ou Blogger, peço para que siga o blog, clicando ali do lado direito da tela em seguir e depois fazendo o login da conta!

Mil Beijos a todos!
Ju

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Uma zamba para ouvir tomando um bom mate!

Boa noite, estava eu à conversar com o Marquinhos de Caxias de Sul, uma pessoa que me cativou com sua simpatia e que tive o prazer de conhecer este fim de semana no Rodeio do Caverá, conversavamos sobre coisas aqui do sul, e me lembrei que numa passadela que dei certo dia pelo blog do Beto Borges o http://suldeborges.blogspot.com/ e me encantei com uma zamba que ouvi, que no blog ele conta ter sido gravada por ele e amigos em um momento de descontração, e que me facinou o sentimento que ela nos transmite!  O nome é Luna Cautiva!
Deixo o vídeo abaixo com a gravação:




Beijos
Ju

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Registros do Caverá!

Bom, venho no horário do almoço dar só uma passadinha pra deixar registrado as fotos que tirei com duas pessoas que adooro, e que estiveram aqui por Araranguá cantando e nos encantando ...
Juliana e Juliana Spanevello
Juliana Spanevello, Juliana e Joca Martins
Show
Show

Não tem como falar do show do Joca sem comentar que ele caiu um pequeno tombo no palco.. mas nada grave, deu até pra rir da situação! hehe
Deixo aqui meu super beijo à esses dois, e agradeço o carinho que tiveram por mim no show e que tem quando temos contato através da internet! Gracias por tudo!


Eeee, não posso deixar de dizer que o rodeio tava muuuito bueno!
E logo logo trago novidades aqui pro Blog!

Beijos, e até mais
Ju

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Adorei o vídeo!

Oláa..
To meio sumida hoje do blog, dei uma passada só pra deixar um vídeo que o meu amigo César Cattani comentou hoje no twitter (www.twitter.com/CesarCattani).. Fui olhar a dica e adoreei o vídeo!
Bem campeiro, e me deu dó no final com o cusco!



E aproveito pra dizer que não vou postar no final de semana pois vou estar no Rodeio do Caverá!
Então Mil Beijos a todos, e até segunda!
Ju

quarta-feira, 28 de julho de 2010

PLANETA GAUDÉRIO - Cachoeira do Sul

Hoje o amigo Sousa me mandou o link de uma festa la em Cachoeira do Sul, o nome é PLANETA GAUDÉRIO, a festa é grande barbaridade! deixo aqui o link da festa (http://www.planetagauderio.com/)  e a programação pra vocês me falarem o que acham de nos bandiarmos pros lados de lá!:


Olha a programação de Show:



QUINTA FEIRA ( 12/08/10)
- 19:00 HORAS MULITA
- 21:00 HORAS OSVALDIR E CARLOS MAGRÃO
- 23:45 HORAS BAILE com GRUPO RODEIO

SEXTA-FEIRA (13/08/10):
- 14:00 HORAS CLÊNIO BIBIANO
- 15:45 HORAS CORDAS E CORDEONAS
- 17:30 HORAS CLAUDIR GOMES E RITMO FANDANGUEIRO
- 19:15 HORAS DANIEL TORRES
- 21:00 HORAS CEZAR OLIVEIRA E ROGERIO MELO
- 23:45 HORAS Baile com OS SERRANOS

SABADO (14/08/10):
- 14:00 HORAS O CANCIONEIRO
- 15:45 HORAS NENITO SATURI E GRUPO MANANCIAL
- 17:30 HORAS JOÃO CHAGAS LEITE
- 19:15 HORAS JULIANO JAVOSKI E CHE ALMA GUARANI
- 21:00 HORAS ELTON SALDANHA
- 23:45 HORAS BAILE C/ ÊNIO MEDEIROS E OS CONTERRANEOS

DOMINGO (15/08/10):
- 13:30 HORAS RASTROS E MILONGAS
- 15:30 HORAS OS BUENACHOS
- 16:45 HORAS LUIZ MARENCO
- 18:00 HORAS PEDRO ORTAÇA
- 19:45 HORAS CRISTIANO QUEVEDO



O que me diz?

Beijooos, e um especial ao Sousa!
Ju